Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

  • 08 Abril 2020

Sindicato pede que MP investigue transferências temerárias do Hospital de Bonsucesso

Depois que o Ministério da Saúde anunciou que o Hospital de Bonsucesso será a referência no Rio para o atendimento a pacientes infectados com o novo coronavírus, portadores de outras doenças passaram a ser transferidos para o Hospital da Lagoa e demais unidades da rede federal, para que deem continuidade aos seus tratamentos.

O grave problema é que a quantidade de médicos direcionados para esses procedimentos é absolutamente insuficiente. O resultado é a sobrecarga de trabalho dos enfermeiros das unidades que recebem os pacientes transferidos. Um dos exemplos mais preocupantes diz respeito aos transplantados renais que foram transferidos de Bonsucesso para a Lagoa, sem que houvesse médicos nefrologistas para seguir com o tratamento. 

Para sanar essas irregularidades, o SindEnfRJ ingressou com representação no Ministério Público Federal pedindo uma imediata e severa averiguação, com a adoção de medidas que possam pôr fim a essas ações temerárias, que além de expor a risco a vida dos pacientes, traz sobrecarga de trabalho aos enfermeiros, impondo-lhes também, absurdamente, tarefas inerentes aos médicos.