Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

  • 18 Dezembro 2019

Luta dos trabalhadores da saúde do Rio arranca pagamento de salários atrasados

Greve, manifestações de rua, presença nas audiências do TRT, unidade das categorias em luta, denúncia à população e à mídia. Ufa, valeu a pena! Os salários de outubro, novembro e 13º dos trabalhadores das OS que administram as unidades de saúde da prefeitura do Rio finalmente estão sendo pagos. Durante a audiência do TRT que aconteceu nesta terça-feira (17) o desembargador Cesar Marques informou que o arresto das contas da prefeitura já atingira R$ 224 milhões, valor suficiente para quitar os pagamentos em atraso. A expectativa é que todos os salários sejam liquidados até o fim desta quarta-feira (18). Assim,  os trabalhadores e seus familiares poderão ter um Natal melhor. Mas a greve dos enfermeiros continua até que tudo seja resolvido.

Contudo, o prefeito Crivella não desistiu de atuar contra os trabalhadores e a população. Primeiro, para criar um clima de comoção em torno da penúria financeira da cidade, situação que é de sua inteira responsabilidade, decidiu suspender toda e qualquer movimentação por parte do Tesouro Municipal até segunda ordem. Depois, a procuradoria da prefeitura recorreu ao Supremo Tribunal Federal para tentar evitar novos arrestos, sob o argumento de que os bloqueios desestabilizam as contas da prefeitura. Isso equivale, na verdade, a confessar que novos atrasos voltarão a acontecer nos próximos meses. Então, a prefeitura busca na justiça deixar suas contas a salvo de futuros arrestos para pagar os salários. É muita desfaçatez!

Nesta quinta-feira (14) tem mais uma audiência no TRT, às 13h. No mesmo local, os enfermeiros realização uma assembleia para definir os rumos do movimento. É muito importante a presença da categoria.