Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

 
  • 23 Abril 2019

Presidente do SindEnfRJ defende nova lei do piso no jornal da Band-Rio

Mônica Armada, presidente do SindEnfRJ, foi ouvida pela reportagem do Jornal da Band-Rio, em matéria que foi ao ar na noite desta segunda-feira, 22 de abril. Ela defendeu a justiça da aplicação da nova lei do piso para os enfermeiros, lembrando do caráter fundamental da atuação da categoria no atendimento de saúde e a necessária valorização dos enfermeiros, cujos salários encontram-se fortemente defasados. 

A reportagem da Band foi motivada pelo recurso que os empresários da área da saúde pretendem apresentar aos Supremo Tribunal Federal, para tentar barrar a lei do piso regional de salários, que atrelou os vencimentos da categoria às 30 horas. Mais uma vez é importante esclarecer : a jornada não foi reduzida para 30 horas, o que só se tornará realidade com a aprovação de um projeto de lei que tramita no Congresso Nacional. O que o novo piso determina é que se tome como base as 30 horas. Ou seja, quem trabalhar em escalas superiores a este patamar fará jus ao recebimento da proporcionalidade.

É lamentável a chantagem patronal, que fala em crise, fechamento de unidades e desemprego em massa como consequência do novo piso. Nada disso corresponde à realidade. Primeiro porque a crise na saúde do Rio existe há tempos e nunca teve os salários como causa. Depois, é conhecida a prática dos empresários do setor de lucrar o máximo possível pagando baixos salários aos profissionais. Não raro inclusive, o piso profissional é desrespeitado. Se os patrões cumprirem a ameaça de questionar a constitucionalidade da lei no Supremo, esperamos que os ministros julguem a ação tendo como parâmetro a saúde púbica e não a ganância por lucros cada vez maiores.