Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

 
  • 30 Janeiro 2019

Nova gratificação da prefeitura do Rio será paga com base em metas

A nova gratificação que está sendo criada pela prefeitura do Rio para substituir a antiga PEP - instituída por ocasião dos Jogos Pan-Americanos de 2007 e cuja validade termina agora em janeiro - terá como base o estabelecimento de metas por parte das unidades e contemplará enfermeiros, médicos, e técnicos e auxiliares de enfermagem. Exemplos : a diminuição de leitos de CTI, a redução do número de casos de queda de maca ou a realização de mutirões de cirurgia.

Caberá à direção das unidades a elaboração de projetos justificando o investimento no pagamento da gratificação denominada Projeto Especial. A cada seis meses a Secretaria Municipal de Saúde e os RHs das unidades farão uma revisão dos projetos. Às unidades serão destinadas cotas para serem investidas no Projeto Especial. 

Para tratar desse assunto, aconteceu nesta terça-feira, 29 de janeiro, uma reunião entre dirigentes dos sindicatos dos enfermeiros e dos técnicos e auxiliares de enfermagem, as chefias de enfermagem e de RH dos hospitais Souza Aguiar, Miguel Couto e Lourenço Jorge, além da chefe de gestão de pessoas da Secretaria Municipal de Saúde, Patrícia Kauffmann. Segundo a presidente do SindEnfRJ, Mônica Armada, a expectativa é que a nova gratificação possa contribuir para melhorar a qualidade do atendimento à população.