Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

 
  • 14 Janeiro 2019

Atenção Básica retoma greve por não pagamento de salário e enfermeiros de Caxias suspendem sua paralisação

Em assembleia realizada nesta segunda-feira, 14 de janeiro, no auditório do Sintsaúde, os enfermeiros ligados às OS e ONGs que prestam serviços à prefeitura do Rio decidiriam retomar a greve à partir de quarta-feira, 16/1. Eles estavam em estado de greve. O motivo de mais uma greve é o de sempre : atraso no pagamento do salário, já o mês de dezembro ainda não foi pago. Uma nova assembleia foi marcada para o dia 8 de fevereiro. Durante a assembleia de hoje, Sandro Cezar, presidente do Sintsaúde e da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CTSS), fez uma fala conclamando os servidores de saúde à unidade e à mobilização na luta por seus direitos.

Hoje também aconteceu, no mesmo local, a assembleia dos enfermeiros da prefeitura de Caxias. Em greve desde 19 de novembro passado, eles resolveram encerrar o movimento e entrar em estado de greve. Como se sabe, uma liminar obtida pelo SindEnfRJ na justiça obrigou a prefeitura a pagar o 13º de 2017 e 2018. A mesma decisão estabeleceu que o prazo para o pagamento dos salários é até o dia 5 do mês subsequente ao trabalhado. Então, o salário de dezembro já está atrasado. Daí a decisão dos profissionais de se manter em estado de greve, prontos para retomar a paralisação a qualquer momento, caso o salário de janeiro não seja pago.