Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

  • 02 Maio 2017

Secretário Luiz Antonio diz que vai tentar colocar um policial militar em cada UPA

Reunido com a presidente do SindEnfRJ, Mônica Armada, e com a diretora Líbia Beluscci, o secretário de Saúde do estado, Luiz Antônio Souza Teixeira, depois de cobrado pelas dirigentes sindicais sobre o grave problema da falta de segurança dos profissionais de enfermagem, se comprometeu em fazer gestões junto ao comando do PM, para que seja deslocado um policial armado para fazer a segurança das UPAs. A ideia é que os policiais protejam tanto o patrimônio como os profissionais.

Quanto ao não depósito do FGTS por parte de inúmeras Organizações Sociais, o secretário disse que fará um levantamento das OS devedoras e cobrará a regularização do débito. Já em relação do déficit de RH, Luiz Antonio lembrou que a maioria das OS estão com seus contratos se encerrando e que nos próximos incluirá uma cláusula estipulando um mínimo de profissionais de enfermagem a serem contratados. Todas as OS terão de seguir essa exigência para a atividade fim, que é o processo de cuidar. Hoje cada OS administra como bem entende a questão dos recursos humanos.

Não há boas notícias para os servidores que estão sem receber os salários de março, abril e ainda o 13º do ano passado. De acordo com o secretário, o último arresto das contas do governo do estado determinado pela justiça agravou ainda mais a situação e não é possível prever quando o pagamento será feito. Também informou que não percebe nenhuma boa vontade do governo federal para ajudar o Rio. Aliás, o governo do Rio com sua gestão desastrosa e manchada pela corrupção e o governo golpista de Michel Temer, rejeitado por mais de 90% da população por roubar direitos da classe trabalhadora, se merecem.