Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

  • 14 Dezembro 2015

Manifestação na porta do Salgado Filho cobra reajuste para a enfermagem

A manifestação realizada pelo SindEnfRJ nesta segunda-feira (14), em frente ao Hospital Salgado Filho, movimentou ainda mais o simpático bairro do Méier. Muitos transeuntes e populares engrossaram o ato pelo reajuste do pessoal da enfermagem que cumpre 40 horas semanais. Um bolo foi servido para os profissionais que desceram para acompanhar o protesto, bem como para as pessoas atraídas pela atividade do sindicato.

A ideia de servir o bolo foi uma alusão ao "bolo" que o prefeito do Rio, Eduardo Paes, vem dando na categoria. Diversas carreiras, como fisioterapeutas, fonaudiólogos e farmacêuticos, etc, tem o valor recebido pela hora trabalhada maior do que a enfermagem. Os médicos, então, nem se fala. O valor da hora do farmacêutico, por exemplo, é  de R$ 57,82, enquanto o do enfermeiro é de apenas R$ 46,89.

Nada justifica a discriminação de uma categoria que atua na linha de frente do atendimento de saúde e dispensa aos pacientes um tratamento humanizado, justamente quando as pessoas mais precisam de atenção e cuidados. E a falta de reajuste para o pessoal das 40 horas vem corroendo o poder de compra dos salários da enfermagem, especialmente num período de inflação em elevação. 

Os manifestantes, que interromperam o trânsito da rua em frente ao Salgado Filho, disseram em alto e bom som ao prefeito que não deixarão de cobrar e pressionar até que essa flagrante injustiça seja corrigida.

IMG7686
IMG7662
IMG7690
IMG7716
IMG7742
IMG7746
IMG7750
IMG7756
IMG7765
IMG7778