Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

  • 07 Julho 2020

Em nova audiência no TRT, estado diz que fará repasses para OS com contrato ativo entre 7 e 9 de julho

Em reunião virtual coordenada pelo desembargador Cesar Marques de Trabalho, do Tribunal Regional do Trabalho, o representante do estado, Ricardo Matias Pontes, informou que o repasse para as OS com contrato ativo, sem pendência, se darão entre os dias 7 e 9 de julho. Assim, as OS deverão efetuar os pagamentos dos atrasados dos trabalhadores no prazo de 48 horas. É a seguinte a relação de pagamentos :

Competência de maio e junho - Upa São Pedro da Aldeia, UPA São Gonçalo II, UPA Duque de Caxias II, Upa Engenho Novo, Upa Maré, Upa Campo Grande I e Hospital da Criança. 

Competência de junho : UPA Campo Grande II, UPA Queimados, UPA Realengo, UPA Jacarepaguá, UPA nova Iguaçu I, UPA Nova Iguaçu II, UPA Niterói, UPA Botafogo, UPA Marechal Hermes, UPA Irajá, UPA SEAP, UPA Mesquita, UPA Copacabana, UPA Tijuca, UPA Itaboraí, UPA Ilha, UPA Magé, UPA Ricardo de Albuquerque, UPA Campo dos Goytacazes, UPA Bangu, UPA Santa Cruz, UPA Duque de Caxias I, Hospital Mutuípe, Hospital da Mãe, Hospital Carlos Chagas, Hospital Azevedo Lima e Hospital Alberto Torres. 

O estado também apontou a lista de unidades geridas por OS que ainda estão com problemas de documentação para a liberação do pagamento : Complexo Estadual da Região dos Lagos, Hospital Adão Pereira Nunes, Hospital Dra. Zilda Arns, Hospital da Mulher Heloneida Studart, UPA São Pedro da Aldeia e Hospital Dona Lindú. 

O Ministério Público do Trabalho sugeriu e o tribunal acatou que seja enviado ofício à 6ª Vara de Fazenda Pública informando a atual tentativa de composição e solicitando o pagamento do salário dos trabalhadores da OZZ Saúde Eireli, pois trata-se de verbas alimentícias e evitaria a paralisação dos trabalhadores do SAMU. 

A vice-presidente do SindEnfRJ, Líbia Beluusci, representou o sindicato na audiência, que contou a presença de dirigentes de outros sindicatos da saúde, além de representantes de OS.

Uma nova audiência foi marcada para o próximo dia 13/7, às 10h30.