Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

 
  • 13 Setembro 2019

Trabalhadores enfermeiros tiveram papel heroico no socorro às vítimas do incêndio no hospital Badim

O Sindicato dos Enfermeiros do Rio faz questão de registrar e enaltecer o papel dos profissionais de enfermagem no atendimento às vítimas e na mobilização para, ao menos, reduzir os efeitos do terrível acidente. Mesmo os enfermeiros que estavam de folga, prontamente se deslocaram para o Badim, se somando aos esforços para minorar o sofrimento das vítimas. A diretora do SindEnfRJ, Líbia Bellusc, esteve no local do acidente e participou ativamente dos trabalhos. 

O SindEnfRJ expressa seu enorme pesar pelas vítimas do incêndio ocorrido na noite desta quinta-feira, 12 de setembro, no Hospital Badim, no bairro da Tijuca, no Rio. Nossa solidariedade e sentimentos aos familiares e amigos dos 11 mortos na tragédia.

Embora seja um momento de dor e luto, não podemos deixar de denunciar a forma desrespeitosa com que a Rede D'or São Luiz, à qual pertence o Badim, trata os enfermeiros, não pagando o piso salarial, não disponibilizando locais de descanso adequados, impondo sobrecarga de trabalho, mantendo um permanente déficit de RH e até lançando mão da prática odiosa de revistar os trabalhadores. 

Contudo, fiel ao seu compromisso profissional e de vida, que é cuidar das pessoas, os enfermeiros se destacaram na luta para salvar vidas e amparar as vítimas. A mídia, por sua vez, cometeu uma brutal injustiça com a nossa categoria, apontando apenas a atuação dos médicos como meritória. 

O sindicato vai cobrar vigorosamente das autoridades a apuração das causas do incêndio e a punição dos responsáveis. 

Rio de Janeiro, 13 de sembro de 2019

Direção do Sindicato dos Enfermeiros do Rio de Janeiro