Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

 
  • 06 Novembro 2018

Audiência pública repudia os cortes na saúde feitos por Crivella

Com uma grande presença de servidores da área de saúde, aconteceu na manhã desta terça-feira (6/11), na Câmara de Vereadores do Rio, uma audiência pública para debater os graves prejuízos para o atendimento da população provocado pela proposta do prefeito Crivella de cortar 12% dos recursos destinados à saúde da lei orçamentária do município de 2019. Passa de 700 milhões de reais a tesourada proposta pelo prefeito.

Compareceram à audiência, que foi convocada pela vereadora Rosa Fernandes, representantes de sindicatos e do Conselho Municipal de Saúde, dentre outras entidades e instituições. As diretoras Beth Guastini, Denise Sanches e Selma Fernandes representaram o SindEnfRJ. As falas foram marcadas por duas críticas à falta de sensibilidade social de Crivella, pois o corte provocará uma redução de 184 equipes de saúde na família e 55 equipes de saúde bucal. 

O prefeito pretende aumentar em 240% a verba da secretaria de comunicação governamental, o que indica a intenção do governo em tirar da saúde para gastar em propaganda.