Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

 
  • 11 Maio 2018

Sindicato envia carta a deputados cobrando derrubada do veto das 30 horas; sessão foi marcada para quarta (16)

Em reunião com representantes de diversas categorias do serviço público estadual, o presidente em exercício da Alerj, deputado André Ceciliano, anunciou que a sessão que vai votar a derrubada do veto do governador Pezão à emenda das 30 horas será realizada na próxima quarta-feira, 16/5, a partir das 14h.
 
O SindEnfRJ convoca os enfermeiros para lotar as galerias, afinal está em jogo um projeto de suma importância para os enfermeiros da rede privada do estado. Já no dia 15, terça, estará em pauta a derrubada dos outros pontos do PCCS vetados pelo governador.
 
Veja a íntegra da carta que o SindEnfRJ mandou aos deputados estaduais cobrando o fim das seguidas faltas de quórum e uma rápida decisão sobre as 30 horas.
 
Pela derrubada do veto das 30 horas para a enfermagem
 
Senhores deputados e senhoras deputadas
 
Nós, enfermeiros do estado do Rio de Janeiro, categoria que reúne dezenas de milhares de profissionais espalhados por todos os municípios do estado, vemos com crescente preocupação a reiterada falta de quórum na Alerj para a apreciação da derrubada do veto do governador Pezão à emenda que prevê 30 horas para a enfermagem.
 
Não custa lembrar que estamos em pleno ano eleitoral e que a nossa numerosa categoria saberá reconhecer os representantes do povo no Legislativo que procederem com justiça, mas não hesitará em negar seu apoio àqueles que derem de ombros para os nossos direitos.
 
Pleito histórico dos enfermeiros, a adoção das 30 horas é recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), pois é considerada um fator de suma importância para a melhoria do atendimento de saúde da população. 
 
Na expectativa de que as próximas sessões da Alerj contem com o quórum necessário à derrubada desse veto, informamos que seguiremos na luta até o atendimento de nossas reivindicações.
 
Atenciosamente,
 
Mônica Armada - presidente do Sindicato dos Enfermeiro do Estado do Rio de Janeiro