Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

  • 03 Novembro 2017

Enfermeiros da Atenção Básica vão à luta e decidem greve por tempo indeterminado

Em assembleia que superlotou o auditório da CUT-RJ, na última quarta-feira (1/11), os enfermeiros que trabalham nas unidades de Atenção Básica do município do Rio deflagraram greve por tempo indeterminado a partir do dia 6 de novembro próximo. 

Diante dos seguidos atrasos no pagamento dos salários, especialmente em unidades da Zona Oeste, e falta de condições de trabalho, de insumos e medicamentos, não restou outra saída para esses profissionais que não fosse cruzar os braços em defesa de seus direitos e do atendimento de saúde da população. 

Paralisarão suas atividades, mantendo o mínimo legal de 30% do contingente para serviços essenciais, cerca de mil enfermeiros dos serviços de saúde da Atenção Básica, Programa de Assistência Domiciliar e da Saúde Mental. A origem da crise está nos atrasos dos repasses da prefeitura para as OS. Cabe lembrar que o sindicato cobrou das autoridades reiteradas vezes soluções para o grave problema, mas não foi atendido. 

É lamentável que o prefeito Marcelo Crivella, cujo slogan de campanha foi "cuidar das pessoas", demonstre tamanha insensibilidade para o mais essencial de todos os direitos sociais, que é o direito à Saúde. Veja algumas das revindicações da categoria comunicadas em ofício ao prefeito e  ao secretário de Saúde do município : 

- Garantia do pagamento em dia dos salários, férias e 13º de todos os profissionais.

- Regularização dos insumos, medicamentos e contratos de manutenção e alimentação das unidades básicas de saúde, CAPS, residências terapêuticas, unidades de acolhimento e institutos municipais de assistência à saúde.

- Recomposição imediata do orçamento municipal de saúde de 2017, para restabelecer a rede de unidades e normalizar os serviços.

- Revisão das demissões de todas as categorias profissionais que atuam na Atenção Básica, PAD e Saúde Mental desde o início da atual gestão, com a garantia dos postos de trabalho, e fim do assédio moral.

- Gratificação para os RTs Enfermeiros.

- Calendário de pagamento para 2017/2018.

Clique aqui para ver os Ofícios de Notificação