Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

  • 19 Outubro 2017

Servidores da saúde do Rio fazem paralisação e protesto contra atraso dos salários

Em protesto organizado pelo Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Rio de Janeiro e Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde, um grande número de servidores ligados à prefeitura do Rio fizeram nesta quarta-feira, 18 de outubro, uma paralisação e uma passeata da Avenida Presidente Vargas até a Candelária. A mobilização despertou a atenção da imprensa. O jornal O Globo, por exemplo, publicou matéria sobre a manifestação.O atraso nos repasses da prefeitura às OS vem provocando atraso sistemático no salário dos servidores da saúde.

E pior : não existe por parte do Executivo municipal uma previsão precisa de quando a situação será normalizada. E o desmonte do prefeito Crivella continua, com corte de direitos e falta de insumos. Além dos servidores, quem paga o pato é população do Rio, com a queda na qualidade do atendimento. As diretoras Líbia Beluscci, Selma Rodrigues e Denise Sanches representaram o SindEnfRJ na manifestação.

"O Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Rio de Janeiro parabeniza a todos os enfermeiros e demais profissionais de saúde, bem como os usuários do SUS, que no dia 18 de outubro estiveram presentes na paralisação, mesmo enfrentando a coação de alguns gestores. 

O dia foi de luta e despertar. Sim, a enfermagem acordou ! Certamente, o que aconteceu ontem foi apenas o primeiro de muitos dias de luta, caso o prefeito continue com o desmonte que atinge a nossa categoria e os pacientes. O sindicato conta com vocês para juntos irmos à luta em busca de vitórias.

Já tomamos conhecimento de algumas demissões que ocorreram ontem, provocando a diminuição das equipes e prejuízo na assistência aos pacientes. Em breve, divulgaremos a data de uma nova assembleia."

Direção do Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Rio de Janeiro