Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

 
  • 10 Abril 2012

Caravana do Rio vai a Brasília cobrar 30 horas já

Dezenas de enfermeiros partiram ontem para Brasília na caravana organizada pelo Sindicato dos Enfermeiros do Rio de Janeiro (SindEnfRJ) para participar do grande ato público que será realizado nesta quarta-feira em frente ao Congresso Nacional em defesa da jornada semanal de 30 horas para profissionais de enfermagem. A manifestação, organizada pelo Fórum 30 Horas Já, tem como objetivo cobrar a colocação em pauta do projeto que regulamenta a jornada de 30 horas.

Além da manifestação, ao Fórum 30 Horas Já vai organizar um acampamento na porta do Congresso para pressionar os deputados a votarem e aprovarem imediatamente o projeto. O objeto é manter a mobilização em Brasília, com representantes da categoria de todos os estados, até que a proposta de mudança de jornada seja aprovada.

A presidente do SindEnfRJ, Mônica Armada, afirmou que não há mais motivo para protelação da votação, já que o projeto já passou e foi aprovado por todas as comissões no Congresso, está pronto para ir a plenário e é um compromisso assumido pela presidente Dilma Rousseff durante a campanha eleitoral. “Se o Congresso não decidir logo, o próximo passo da categoria será buscar o diálogo direto com a presidente”, afirmou Mônica.

Além disso, lembrou ela, a jornada de 30 horas para profissionais de enfermagem é uma recomendação da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que reconhece que, por causa da especificidade de seu trabalho, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem devem ter jornada semanal máxima de 30 horas.

A presidente do SindEnfRJ esclareceu que o objetivo do projeto é garantir aos trabalhadores de enfermagem melhores condições de atendimento à população, que é o alvo de seu trabalho. “A aprovação da jornada de 30 horas será uma vitória da sociedade, que terá à disposição profissionais menos cansados e com melhores condições de aprimoramento profissional”, afirmou Mônica.

Os enfermeiros do Rio partiram animados para conseguir a jornada de 30 horas

Os enfermeiros do Rio partiram animados para conseguir
a jornada de 30 horas