Webmail    |    Fale Conosco

Quem Somos    |    Filie-se

 
  • 14 Junho 2019

No Into e em Bonsucesso, SindEnfRJ na luta contra a reforma da previdência

Neste 14 de junho, data em que trabalhadores de todos os estados fizeram greves e manifestações contra a reforma da previdência, o SindEnfRJ marcou presença nos protestos realizadas no Into e no Hospital de Bonsucesso. No ato do Into, a Polícia Militar reprimiu violentamente grupos de manifestantes que se dirigiam ao evento, atirando bombas de efeito moral e balas de borracha contra cidadãos e cidadãs que faziam um protesto pacífico, garantido por lei. Policia é paga pela sociedade para protegê-la e não para agredi-la.

- Hoje é dia de unidade e de luta da classe trabalhadora. Todas as centrais sindicais estão juntas para combater uma reforma que só interessa aos ricos e que penaliza os que vivem de seu trabalho. Nenhum seguimento dos trabalhadores foi ouvido pelo governo Bolsonaro para elaborar este projeto, que na verdade tem o objetivo de impedir que as as pessoas se aposentem e fazer a festa dos bancos. Enquanto atacam os trabalhadores, serviços essenciais como o de saúde sofrem com todo tipo de problema : falta equipamento, medicamento e pessoal, prejudicando o atendimento da população. Devido à pressão da sociedade, ontem o relator do projeto apresentou algumas pequenas melhorias, mas nada garante que serão mantidas adiante. Precisamos seguir firmes na nossa luta - disse Mônica Armanda, no ato em frente ao Into.

Em seguida, Mônica e os diretores do sindicato Marco Schiavo e Denise Sanches seguiram para o Hospital de Bonsucesso onde se juntaram a Beth Guastini, também dirigente do SindEnfRJ, e participaram de mais um protesto da saúde contra a reforma da previdência.